Sobre


Oi Perdidos,

Quero compartilhar com vocês como surgiu o blog Garotos Perdidos e comentar um pouco sobre a minha história com os livros e os filmes.

Em outubro de 2015 comecei a participar do Clube do Livro do ES. Me senti em casa entre pessoas que também gostam de ler e falam sobre isso abertamente. Entre os participantes, há várias pessoas que têm blog literário e achei fascinante a ideia de dividir as opiniões sobre os livros com outras pessoas. É como se fosse um Clube do Livro enorme! A Lorraine, do Amo Livros & Filmes, me convidou para ser colaborador do blog dela. Foi uma experiência incrível, mas com o tempo decidi criar o meu próprio.

A primeira dificuldade foi a escolha do nome. Tinha duas opções: A História Sem Fim e Garotos Perdidos. A História Sem Fim, escrito por Michael Ende, é um dos livros que marcou minha juventude, e Garotos Perdidos, uma homenagem à Peter Pan, livro escrito por J.M. Barrie. Acabei optando pela segunda opção.

Depois, tive que escolher onde publicar o blog, aprender a configurar o layout e escrever as resenhas e críticas. Até hoje fico inseguro com o que escrevo, por isso fico nas nuvens quando alguém comenta de forma positiva. Manter o blog é um trabalho constante que requer muita dedicação, mas faço isso com muito prazer.


Minha história com os Livros...

Quando pequeno, gostava muito de ler a série Vaga-Lume. Sempre que pedia um presente para meus pais, minha mãe dizia que tinha que aguardar meu Aniversário, Dia das Crianças ou Natal para ganhar. Mas, se pedisse um livro, ganhava na hora. Minha mãe sempre gostou de ler, assim como minha irmã. Quando fui crescendo, as opções de leitura foram diminuindo e fui lendo cada vez menos.

A primeira retomada foi quando estava sem grana para fazer algo durante as férias e acabei lendo Crepúsculo. Isso mesmo! Li a série toda, livro após livro, durante minhas férias e gostei bastante. A partir dai fui pesquisando por outros títulos semelhantes. Por isso tenho um carinho especial por Crepúsculo.

Quando comprei o Kindle, passei a ler mais ainda. Logo em seguida, entrei no Clube do Livro ES e foi quando a leitura virou uma grande paixão.


Minha história com os filmes...

Sempre adorei ver filmes. Alugava tantos filmes em locadoras de vídeo que acabei trabalhando em uma. Trabalhei por um bom tempo, mesmo quando entrei para a faculdade de Publicidade continuei como freelancer, indicando filmes durante os finais de semana. Época boa aquela! Hoje em dia elas estão praticamente extintas.

Para o TCC - Trabalho de Conclusão de Curso, criei um programa de rádio que comentava e indicava filmes. Para isso fiz uma pesquisa de campo sobre os cinemas e locadoras do estado, provando que havia mercado para um programa nessa linha. Acabei escrevendo o CBN Vídeo por 2 anos para a rádio CBN Vitória.


As Classificações...

Sigo o padrão das estrelas que acho ser o mais utilizado, mas, ao invés de estrelas, utilizamos folhas:
 Não Gostei
 É ok, dá pra ler
 Gostei
 Gostei Muito
 Excelente
 Favorito, ganhou o meu coração



Hoje, além do trabalho, escrevo minhas opiniões sobre os livros que leio e os filmes que vejo aqui no blog Garoto Perdidos. Meu objetivo é postar sempre uma resenha às terças e uma crítica às sextas.

Obrigado por ser um Garoto Perdido!

4 comentários:

  1. Eu fico encantada com as coincidência, e com os encontros que a vida nos presenteia. Eu também tive a vida marcada de modos diferentes pela série Vaga-lume, série Crepúsculo, pelo clube e kindle. Mas em você querido amigo, eu vejo algo nato, precioso e sinceramente muito particular. Você escreve com uma elegância e classe que duvido que possam ser ensinado ou aprendido. São algo inatos a você que permeiam suas resenhas e criticas de uma forma que me encantam e emocionam por ser de uma beleza surpreendente. Sei que amo seu blog em especial por ser tão "André" o garoto que cresceu e mesmo assim conseguiu continuar acreditando!! ♥ Sua fan Elisabete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Bete! Suas palavras acertaram em cheio meu coraçãozinho. Te adoro!

      Excluir
  2. Que história linda... Cada vez mais me surpreendo com sua versatilidade profissional... Kkkk... o post ficou ótimo. Bjs

    ResponderExcluir