Crítica | Enola Holmes

18 de out. de 2020


Oi Perdidos,

O filme Enola Holmes foi produzido pela Netflix e é baseado no livro O Caso do Marquês Desaparecido, primeiro volume da série escrita pela americana Nancy Springer.


Dean DeBlois
Título: Enola Holmes
Título Original: Enola Holmes
País: EUA
Ano: 2020
Diretor: Harry Bradbeer
Atores:  Millie Bobby Brown, Henry Cavill, Sam Claflin,  Helena Bonham Carter e Louis Partridge  
Gênero: Mistério, Suspense, Policial, YA
Produção: Netflix
Classificação:


Enola Holmes
(Millie Bobby Brown, de Strange Things) é uma adolescente que vê a mãe (Helena Bonham Carter, de The Crown) desaparecer no dia do seu aniversário de 16 anos. A menina foi criada para não seguir os padrões da sociedade e inicia uma investigação por conta própria, mas, para isso, precisa despistar seus irmãos Mycroft (Sam Claflin, de Como Eu Era Antes de Você) e Sherlock (Henry Cavill, de A Liga da Justiça). A caminho de Londres, Enola conhece um jovem lord em perigo. Será que ela vai desviar do seu caminho para ajudar o fugitivo?

O diretor Harry Bradbeer, de Fleabag e Killing Eve, apresenta um grande elenco para contar esta história de aventura e mistério que se passa na Era Vitoriana. O filme apresenta a personagem e a gente acompanha o seu crescimento pessoal. Enola amadurece bastante na sua buscar pela mãe e consegue mostrar que é tão corajosa e inteligente quanto seu irmão mais famoso, Sherlock.

A jovem Millie Bobby Brown carrega o filme e os momentos em que a atriz quebra a quarta parede torna tudo mais leve e divertido. A relação da personagem com os irmãos e o momento político trazem mais camadas para a história. 


Espero que os outros livros da série também sejam adaptados. São, até o momento, 6 livros publicados nos EUA. Aqui, apenas o primeiro foi publicado pela Editora Verus.

Com amor, André

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi Perdido,
Deixe o seu recado, seja ele um elogio ou uma sugestão.
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.