Resenha | Dois Destinos (Recomeço #3)

8 de ago de 2019

Oi Perdidos,

Eu amei tanto Duas Vidas (Recomeço #1), da J. Marquise, que indico o livro para todo mundo que conheço. Quando a autora abriu parceria, me candidatei e acabei sendo selecionado. Foi um momento único. De muita felicidade! Em seguida, eu li Theo e Kostas, da série Os Karamanlis. Só depois eu voltei para a trilogia Recomeço e li Dois Corações (Recomeço #2). Amei todos!

Acabei de ler Dois Destinos (Recomeço #3) e já estou com saudade dos personagens e da fazenda Paraíso. Mas, deixa eu contar melhor a história de Guilherme e Malu.

Dois Corações
Amazon

Série: Recomeço #3
Autor: J. Marquesi @j_marquesi
Editora: Independente
Gênero: Romace, Hot, Drama, Nacional
[+18] Indicado para Maiores de 18 anos
ISBN: B07HYXPSKP Skoob
Páginas: 393
Ano: 2018
Classificação:

Maria da Luz Ruschel, ou Malu, como prefere ser chamada, é uma executiva de sucesso e está concorrendo a uma vaga na diretoria da Karamanlis, empresa comandada pelo Theodoro Karamanlis (sim... é o Theo mesmo!). Cada candidato recebeu uma conta para trabalhar e será avaliado pelo seu desempenho. Malu sempre se dedicou à empresa, mas sua obsessão a está deixando doente.

Ela é obrigada a tirar férias e sua amiga Kika indica um SPA em Mato Grosso do Sul. O problema é que esse SPA nunca existiu. O destino de Manu é uma fazenda de gado no coração do Pantanal, sem celular, tablete ou computador.

Minha felicidade é viver na cidade grande, em ritmo acelerado, ganhar dinheiro e ser reconhecida pelo meu trabalho.

Na fazenda Paraíso, Manu conhece Guilherme, um peão rude que adora provocar a hospede que veio de São Paulo. Ele cuida da fazenda dos tios, mas Guilherme guarda um grande trauma dentro de si. A química entre a dondoquinha e o xucro cresce até eles não conseguirem resistir ao desejo que sentem um pelo outro.

Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado.

A narrativa da J. Marquesi é tão envolvente que a gente logo se apaixona pelos personagens. Em Dois Destinos, ela utiliza da linguagem popular da região pantaneira para nos transportar para a região. Os locais são tão bem descritos que me senti como um peão da fazenda Paraíso acompanhando o romance de Malu e Gui.

A autora sempre traz personagens quebrados, mas ela dosa muito bem esse lado mais dramático com momentos divertidos e românticos. A história tem uma pegada HOT que gosto muito. As cenas conseguem ser eróticas e românticas ao mesmo tempo.

J. Marquesi tem três séries. Recomeço é formada por três histórias independentes que não precisam ser lidas na ordem. A Família Villazza é composta por 4 livros e dois spin-off. A mais recente é Os Karamanlis que já tem dois livros publicados. O mais legal é que os personagens intercalam entre as séries. A Kika, Malu e Theo, por exemplo, aparecem novamente em Os Karamanlis, onde ficamos sabendo um pouquinho mais sobre a vida desses personagens, fazendo com que as séries formem um grande universo Marquesiano.

Fiquei com o coração na mão com algumas reviravoltas, como a Ju sempre faz comigo. Gostaria de estender a minha estadia em Paraíso mais um pouco.

Tragédias são apenas ponto de partida para um recomeço.

Dois Destinos é daqueles livros que aquecem o coração e te mostra o que realmente é importante na vida. Às vezes a gente vive em busca de objetivos materiais e financeiros e se esquece de, simplesmente, viver. J. Marquesi acerta em cheio mais uma vez!

Com amor, André



Ju Marquesi

Facebook | FanPage

Convido você a conhecer a querida Ju Marquesi é uma faz-tudo de 34 anos que começou a escrever na adolescência, em cadernos pautados. Acha-se uma metamorfose ambulante, pois já quis ser cantora, atriz, artesã, locutora de rádio, musicista, escritora e chef de cozinha. Atualmente é advogada, mãe e esposa, mas nunca deixou para trás seu sonho de um dia poder mostrar suas histórias a alguém.


Ela tem oito histórias publicadas:

Série Recomeço
1 - Duas Vidas
2 - Dois Corações
3 - Dois Destinos

Série Família Villazza
1 - Negócio Fechado
2 - Legalmente Atraído
3 - Segredo Obscuro

Série Os Karamanlis
1 - Theo
2 - Kostas

5 comentários:

  1. Oi Andre, tudo bem?
    Duas coisas me chamaram atenção para o livro na sua resenha. A primeira é o fato da autora se preocupar com ambientação do enredo, inclusive no uso da linguagem típica de cada região.
    A segunda é a forma como você disse que os personagens são. Me pareceu que ela sabe bem como desenvolvê-los, e isso é uma das coisas que admiro bastante. Vou pesquisar mais sobre a autora e suas obras.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi, André.
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada da autora, mas já anotei aqui a sua dica.
    Gostei de saber que essa série tem livros independentes e fiquei animada para conhecer esses personagens e Paraíso!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    É muito bom quando um autor que gostamos muito acaba aprovando nosso trabalho e fechando parceria, um reconhecimento enorme!
    Confesso para você que adoro livros que tem como cenário fazendas, nossa, a maioria são leituras maravilhosas.
    Não conhecia a autora, mas fiquei curiosa para conhecer a história, espero ter a oportunidade em breve!

    ResponderExcluir
  4. Oi, André!
    Eu não conhecia a série nem a autora, mas não curto livros hots, então já passo a dica.
    Lendo a sua resenha, me lembrei um pouco do livro A Aposta, mas a minha experiência não foi das melhores, então já fico receosa.
    Porém, achei legal a atual ter passado a história no Mato Grosso do Sul. Bem legal, já que não é dos lugares que mais estamos acostumados em ler.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2019/07/resenha-simplesmente-acontece.html

    ResponderExcluir
  5. Ooi,
    Não conhecia a autora mas pela sua resenha ela escreve o tipo de clichê que eu AMO DE PAIXÃO! Já anotei aqui na minha lista os títulos para poder conhecer essa coleção de romances na Fazenda Paraíso!

    Beijoos

    ResponderExcluir

Oi Perdido,
Deixe o seu recado, seja ele um elogio ou uma sugestão.
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.