Crítica | O Que de Verdade Importa

2 de out de 2018

Oi Perdidos,

Tivemos um fim de semana recheado de estreias: a animação Pé Pequeno, a adaptação de Um Pequeno Favor e os nacionais 10 Segundos para Vencer e Coração de Cowboy. Acabei assistindo o espirituoso O Que de Verdade Importa.

#pessoasquecuram
Título: O Que De Verdade Importa
Título Original: The Healer
País: EUA
Ano: 2017
Diretor: Paco Arango
Atores: Oliver Jackson-Cohen, Jonathan Pryce e Camilla Luddington
Gênero: Comédia, Drama, Família
Classificação: 2,5

O Que de Verdade Importa é o primeiro filme que terá 100% da renda líquida doada para sete instituições brasileiras que cuidam do câncer infanto-juvenil.

TUCCA (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) em São Paulo; Instituto Desiderata, no Rio de Janeiro; GACC (Grupo de Apoio à Criança com Câncer) na Bahia; NACC (Núcleo de Apoio à criança com Câncer) em Recife; HPP (Hospital Pequeno Príncipe) em Curitiba; Hospital da Criança Santo Antônio em Porto Alegre; e HCAA (Hospital de Câncer de Campo Grande Alfredo Abrão) em Campo Grande.

O movimento #pessoasquecuram cresce a cada dia. Há várias atores e cantores fazendo campanha pela internet. Ajude você também! Basta ir assistir ao filme nos cinemas que seu ingresso vai direto para uma dessas instituições.

O longa conta a história do britânico Alec Bailey (Oliver Jackson-Cohen, de A Maldição da Residência Hill, nova série da Netflix que estreia no dia 12 de outubro), um engenheiro frustrado que ganha a vida consertando aparelhos elétricos. Atolado em dívidas, é obrigado a aceitar a proposta de um tio (Jonathan Pryce, de Game of Thrones) que nem sabia que existia. Ele tem que morar durante 1 ano na pequena Nova Escócia, cidade do Canadá, em troca de ter suas dívidas pagas pelo tio.


Ao chegar na cidade, ele conhece a veterinária Cecília, vivida por Camilla Luddington, a Jo de Grey’s Anatomy, e uma série de incidentes faz com que todos pensem que ele tem o dom da cura. O problema é que as pessoas que o procuram começam, realmente, a melhorar de saúde.

Alec descobre que faz parte de uma família de curandeiros e que precisa decidir na noite após seu aniversário de 30 anos se vai assumir ou abdicar desse dom. O que você escolheria?

Este é o segundo filme do diretor mexicano Paco Arango. Ele dá um toque de magia à história que deixa tudo leve e alto astral. Um típico filme de Sessão da Tarde! Se não fosse pela campanha, provavelmente esperaria para assistir quando estivesse disponível em algum canal de assinatura ou streaming, mas saí animado do cinema.


A história foi inspirada na vida do astro Paul Newman (1925-2008), de A Cor do Dinheiro (1986), que ajudou milhares de crianças ao redor do mundo que lutavam contra o “marshmallow”.

No final, fiquei pensando que todo mundo pode ser um curador! Não como Alec Bailey, mas como Paul Newman. Basta estar perto de quem precisa. Doar seu tempo, carinho e atenção. Seja você também uma pessoa que cura! Comece indo ao cinema ver O Que de Verdade Importa.

Com amor, André.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oie,
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.
Sua opinião é muito importante para mim.