Resenha | Acesso aos Bastidores

5 de abr de 2018
Olivia Cunning

Oi Perdidos,

Sabem aquele livro que não é excepcional, mas que você não consegue parar de ler? Fiquei tão envolvido com os personagens que queria voltar logo do trabalho para acompanhar os próximos acontecimentos.

Foi assim a leitura de Acesso aos Bastidores, de Olivia Cunning, publicado pela Paralela, selo da Companhia das Letras. Mais um Guilty Pleasure para a coleção.

Título: Acesso aos Bastidores
Série: Sinners On Tour #1
Autor: Olivia Cunning
Editora: Paralela
Gênero: Romance, Erótico, Bandas
Páginas: 328
Ano: 2015
Classificação:


Myrna Evans é professora de Psicologia e especialista em sexualidade humana. Durante uma conferência ela encontra os integrantes da banda de rock Sinners bebendo no bar do hotel e resolve ir conversar com eles.

Eric Sticks, baterista. Três bumbos, catorze pratos. Perfeito no ritmo.
Sedric Lionheart. Vocalista. Sua voz deixa qualquer garota com a calcinha molhada.
Jace Seymour, baixista. O mais baixo dos integrantes. Com um jeito durão, meio James Dean.
Trey Mills, guitarrista base. Olhos verdes sonhadores de derreter corações. Dedos ágeis que, bem, fazem as meninas cultivar os mais indecorosos pensamentos.

Mas é de Brian “Mestre” Sinclair, o guitarrista, que ela mais gosta. Myrna costuma usar os riffs dele durante as suas aulas para comprovar que os acordes de guitarra refletem sexualmente em quem os escuta.

É claro que Myr e Brian vão se envolver e ter um tórrido romance. Claro que Myr e Brian têm problemas do passado. Enquanto ele acabou de sair de um relacionamento que acabou mal (não vou dizer o porquê... rsrs), ela passou por um relacionamento abusivo com o ex-marido. Ela sempre foi muito reprimida sexualmente pelo ex-marido e acaba encontrando Brian, um homem sete anos mais novo do que ela e tão aberto a experimentar coisas novas.

“Meu bem, faz meses que não escrevo um riff. Você é incrível demais.” E riu para ela, enfiando com força e ritmo. “Fazer amor com esse corpo perfeito estimulou mais do que o meu pau.”

Acesso aos Bastidores é mais um romance erótico envolvendo bandas de rock. Tem todos os clichês do gênero, mas é bem escrito e envolvente. A narrativa da americana Olivia Cunning é fluida e as cenas de sexo são bem detalhadas. Ela não floreia, descreve abertamente os atos e taras sexuais. O livro é indicado para quem realmente gosta de livros eróticos. É o primeiro da série Sinners on Tour que já foi toda lançada nos EUA. Infelizmente, a editora Paralela não pretende lançar os próximos livros por aqui.

O livro ganhou os prêmios de Melhor Primeiro Livro pela Readers' Crown Award by RomCon® (Romance Conventions Inc.) e Melhor Romance Erótico pela More than Magic, ambos de 2011.

A culpada por ler Acesso aos Bastidores foi minha amiga Karla, do IG Literário Não é a Terra do Nunca. Ela disse que um dos personagens era bissexual e fiquei curioso para ver como esse personagem seria retratado dentro de uma história que não é voltado para o público bi ou gay. Para minha surpresa, há vários personagens com gostos singulares e tudo pode acontecer. É preciso ter a mente aberta.

Apesar de várias cenas picantes, nada é de mau gosto ou vulgar. Olivia Cunning nos entrega um romance clichê, mas fiquei totalmente envolvido com os personagens e seus jogos sexuais. Shippei muito o casal Myr e Brian. Quero ler o segundo livro da série que conta a história do vocalista Sed. Como a editora Paralela disse que não vai lançar os outros livros da série, devo praticar meu inglês.

Os livros da série Sinners on Tour são:

Olivia Cunning

1. Acesso aos Bastidores (Sinners on Tour #1)
2. Rock Hard (Sinners on Tour, #2)
3. Hot Ticket (Sinners on Tour, #3)
4. Wicked Beat (Sinners on Tour, #4)
5. Double Time (Sinners on Tour, #5)
6. Sinners at the Altar (Sinners on Tour, #6)
7. Take Me to Paradise (Sinners on Tour, #6.5)
8. One Starry Night: Sinners on Tour Extras (Sinners on Tour, #6.6)
9. Almost Paradise (Sinners on Tour, #6.7)
10. Sinners Rock the Cradle (Sinners on Tour, #7)

Beijos, André.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oie,
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.
Sua opinião é muito importante para mim.