Crítica | A Forma da Água

4 de fev de 2018

Oi Perdidos,

Esta época do ano é ótima para ver bons filmes nos cinemas. A maioria dos filmes indicados ao Oscar estão estreando neste mês. A Forma da Água recebeu treze indicações ao Oscar 2018 e é o recordista de indicações.

Título: A Forma da Água
Título Original: The Shape of Water
País: EUA
Ano: 2018
Diretor: Guillermo del Toro
Atores: Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins e Octavia Spencer
Gênero: Fantasia, Drama e Romance
Produção: Fox
Classificação:

Estamos em plenos anos 60, época de grandes disputas e conflitos indiretos entre os EUA e a antiga União Soviética. Os soviéticos acabaram de enviar um cachorro ao espaço e estão em vantagem na corrida espacial. Quando os EUA encontram um “monstro” aquático próximo à América do Sul, acreditam que podem utilizá-lo como cobaia para suplantar a União Soviética.

A criatura é levada para um laboratório secreto do governo comandado pelo doutor Hoffstetler (Michael Stuhlbarg), mas o sádico Strickland (Michael Shannon) é o responsável por manter o espécime preso.

The Shape of Water
Octavia Spencer e Sally Hawkins em A Forma da Água
Elisa Esposito (Sally Hawkins) e Zelda (Octavia Spencer) trabalham juntas como faxineiras do laboratório. Elisa é órfã e foi encontrada na margem do rio quando criança com vários cortes no pescoço. Ela é muda e se comunica por linguagem de sinais. A tagarela Zelda é quem traduz o que Elisa diz para o resto da equipe.

The Shape of Water
Richard Jenkins e Sally Hawkins em A Forma da Água
O único amigo de Elisa é o desenhista desempregado e vizinho Giles (Richard Jenkins). Eles adoram ver musicais na TV quando ela não está no trabalho.

Elisa fica curiosa a respeito da criatura e descobre que ele é capaz de se comunicar através de sinais. Ele é o único que consegue vê-la como ela realmente é e acaba se afeiçoando por ele. Ao descobrir que ele corre risco de vida, recorre aos amigos para um resgate arriscado.

Guillermo del Toro
Guillermo del Toro, diretor e roteirista de A Forma da Água
Somente um gênio seria capaz de misturar Guerra Fria, Racismo, Homofobia, Musical e Romance entre uma humana muda e um monstro em uma fábula repleta de sentimentos e significado. O responsável por essa proeza se chama Guillermo del Toro. Ele dirigiu e escreveu o roteiro de A Forma da Água. Ele já dirigiu filmes como A Espinha do Diabo, Hellboy, O Labirinto do Fauno, Círculo de Fogo, A Colina Escarlate e o desenho Caçadores de Trolls.

The Shape of Water
Elenco de A Forma da Água
Todo o elenco está maravilhoso. Michael Shannon, de Animais Noturnos (2016), encarna o verdadeiro monstro dessa fábula; Richard Jenkins, de Kong: A Ilha da Caveira (2017), interpreta um artista homossexual totalmente humanizado; Octavia Spencer, de Estrelas Além do Tempo (2016), está ótima, como sempre; mas é Sally Hawkins, de Paddington 2 (2017), quem nos hipnotiza a cada momento em cena.

Existe um livro escrito por Guillermo del Toro e Daniel Kraus que está sendo lançado nos EUA, mas é a novelização do roteiro escrito pelo próprio Guillermo del Toro.

A parte técnica também é magnifica, destaque para o Design de Produção e para a Trilha Sonora. Há várias músicas antigas e cenas de musicais da época, entre elas, uma da brasileira Carmem Miranda.

Não há muito o que dizer. A Forma da Água é uma verdadeira obra prima que encanta os olhos. Uma homenagem ao cinema e aos filmes fantásticos. Imperdível!!

Beijos,

Unable to perceive the shape of you,
I find you all around me.
Your presence fills my eyes with your love,
it humbles my heart,
for you are everywhere.

Um comentário:

  1. Olá!
    Estou muito curiosa para assistir esse filme. Achei o trailer muito interessante e as muitas indicações ao Oscar definitivamente são um bom motivo para conferir, né?
    Gostei muito do post!
    Abraço,
    Carol | Fantasma Literário
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Oie,
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.
Sua opinião é muito importante para mim.