Resenha | Amor Sem Medidas

10 de jan de 2018

Oi Perdidos,

Quando li Desejo Proibido, fiquei viciado na escrita da britânica Sophie Jackson. Ela sabe escrever romances fortes e envolventes como poucos. Me apaixonei por Carter, um presidiário inteligente e extremamente sexy que desperta a raiva e o desejo de Kat, sua professora de literatura na cadeia. Desejo Proibido foi o romance de estreia da autora e fiquei ansioso pelos próximos livros dela.

A expectativa era grande para o segundo livro da série: Paixão Libertadora. Max, amigo de Carter, perdeu um grande amor e acabou se envolvendo com drogas. Ao sair da clínica de reabilitação, decide voltar para sua cidade natal, onde conhece Grace. Ela também tem um passado complicado e ambos decidem manter um relacionamento apenas sexual. Se em Desejo Proibido temos um romance mais selvagem, em Paixão Libertadora cada toque... cada olhar conta.

Título: Amor Sem Medidas
Série: Desejo Proibido #3
Autora: Sophie Jackson
Tradutora: Janaína Senna
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance, Hot
Páginas: 288
Ano: 2017
Classificação:


Como se mede um amor que parece maior do que o mundo?

Essa é a pergunta que a autora tenta responder em Amor Sem Medidas, lançado em setembro de 2017 pela editora Arqueiro. Amei rever os personagens que passei a amar e logo nas primeiras páginas lembrei o porquê gosto tanto dessa série. A escrita da Sophie é tão boa que você se sente abraçado. É como se alguém lhe contasse a história de um grande amigo.

Riley Moore foi preso por ter guardado na sua oficina as peças automotivas roubadas por um conhecido. Conheceu Carter durante a sua estadia em Arthur Kill e ambos se tornam bons amigos. Quando finalmente foi solto, pediu desculpas a todos que eram importantes na sua vida, porém o pai se recusa a perdoá-lo. Riley trabalha honestamente com Max em uma oficina de carros em Nova York.

A história é cheia de flashbacks e é nesses momentos que ficamos sabendo que Riley foi apaixonado por Lexia, sua melhor amiga na adolescência. Eles se conheceram aos 8 anos e ele nunca esqueceu da primeira vez que a viu.

Usava um shorts jeans, sandalhas cor de rosa e uma camiseta de um rosa ainda mais forte, com o desenho de um arco íris no peito. A menina saltitava e pulava, cantava e ria, sob o sol quente. Não tinha uma preocupação sequer.

Trocaram o primeiro beijo quando tinham 14 anos. Foi quando ele percebeu que gostava dela de um jeito que o fazia sentir meio estranho. Ela não era mais a sua melhor amiga, era algo mais.

No presente, Riley recebe um telefonema da mãe informando que o pai está internado depois de sofrer o segundo ataque cardíaco em menos de dois anos. Ele precisa voltar para Michigan para apoiar a mãe e resolver sua situação com o pai. Na cidade, seu passado com Lexie volta com força total. Claro que o destino faz com que eles voltem a se reencontrar, mas será que eles vão conseguir superar o passado e voltar a confiar um no outro.

Vamos conhecendo a história desse casal aos poucos e quando me dei conta percebi que minha garganta estava apertada e que lágrimas brotavam dos meus olhos. É uma história linda sobre segundas chances, perdão e do verdadeiro valor da família.

Você é o mundo inteirinho pra mim.

Não tinha como começar 2018 melhor. Não deixe de ler a trilogia Desejo Proibido, você vai fica viciado na escrita de Sophie Jackson também.

Beijos,

A segunda à direita e
depois sempre em frente
até o amanhecer.

4 comentários:

  1. Estou na torcida pra Arqueiro publicar o conto que vem antes dessa história, porque assim como você sou fã da série e da autora, beijos = ) . Elis Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  2. Nossa André, fiquei doida pra ler... tenho que pegar emprestado com a Dri com urgência... kkkkk... Como sempre, amei sua resenha. bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi querido, como vai?
    Eu não cheguei a ler o primeiro livro, apenas a resenha e fiquei bem encantada, quem sabe futuramente eu vá ler e fico feliz de ver que sempre tem um feedback que nos fazem pensar no primeiro livro.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Eu já li os dois primeiros livros da serie e me apaixonei.
    Imagino que essa também deve ser maravilhosa.
    Sua resenha deixou um gostinho de quero mais.
    Beijos

    ResponderExcluir

Oie,
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.
Sua opinião é muito importante para mim.