Crítica | Lúcifer

18 de nov de 2017
Oi Perdidos,

Tom Ellis

Vim aqui para indicar uma série investigativa bem inusitada. Não! Não estou falando de CSI ou de seus derivados (que adoro), mas sim de Lucifer. Essa série seria bem convencional se o nome dela não indicasse que o personagem principal é o próprio Senhor do Inferno.

Título: Lucifer
País: EUA
Ano: 2016
Criado por: Tom Kapinos
Atores: Tom Ellis, Lauren German, D. B. Woodside e Kevin Alejandro
Gênero: Suspense Policial, Fantasia
Produção: Fox
Classificação:


Criada por Tom Kapinos (Californication) no ano passado, a série é uma adaptação livre do personagem dos quadrinhos criado por Neil Gaiman para a HQ Sandman. Em seguida Lucifer teve a sua própria HQ, escrita por Mike Carey, autor dos livros A Menina que Tinha Dons e Fellside: Estranhos Visitantes. Quero muito ler esses livros.

No início, o anjo Lucifer foi expulso do céu e condenado a comandar o Inferno por toda a eternidade. Até que ele decidiu tirar umas férias...

Entediado, Lucifer (Tom Ellis) renuncia seu trono e se muda para Los Angeles, onde abre uma casa noturna chamada Lux, juntamente com sua aliada Mazikeen (Lesley-Ann Brandt). Ele costuma ajudar pessoas desesperadas por sucesso e essas pessoas acabam lhe devendo um favor. Uma dessas pessoas é a famosa cantora Delilah. Quando estão deixando a Lux, ambos são baleados, mas como Lúcifer é imortal... Nada acontece com ele. A detetive Chloe Decker (Lauren German) começa a investigar o caso que tudo indica ser motivado pelas drogas, mas Lucifer Morningstar começa a sua própria investigação. Claro que as investigações vão juntar esses dois.

Lucifer fica intrigado pela detetive ser imune tanto aos seus encantos físicos quanto sobrenaturais. O mais legal da série é que ele é convencido, arrogante e irônico, tornando a relação entre os dois muito divertida. A relação deles me fez lembrar A Gata e o Rato, série de 1985 com 5 temporadas que lançou o ator Bruce Willis (Duro de Matar) ao estrelato.

Os personagens secundários também são bem interessantes e são desenvolvidos aos poucos durante a temporada. Temos o ex-marido da Chloe, o tenente Dan (Kevin Alejandro), e a impagável filha deles, Beatrice, de 7 anos. Claro que não podemos esquecer da insaciável Dra. Martin (Rachael Harris, de Uma Noite no Museu 3).

D. B. Woodside, Lesley-Ann Brandt, Tom Ellis, Lauren German, Kevin Alejandro e Rachael Harris

Quando a primeira temporada estava se acomodando com um mistério por episódio, o anjo Amenadiel (D.B. Woodside, de Segurança no Shopping 2) reaparece para fazer com que Lucifer volte com as suas obrigações no Inferno, afinal, há um equilíbrio entre as forças que deve ser mantido. A partir daí o lado sobrenatural da série ganha mais destaque e ela fica ainda melhor.

Você pode assistir os 13 episódios da primeira temporada na Netflix. Cada episódio dura em torno de 43 minutos. Nos EUA, a série já está na sua terceira temporada. Vamos torcer para a Netflix lançar logo a segunda temporada.

Se você gosta de Fantasia, Crime e Mistério com toques de comédia, a série Lucifer é ideal para você.

Beijos,

Pense em uma coisa boa
e num instante você voa.
 Pense em uma coisa linda
se você não voa ainda.

3 comentários:

  1. Oi André!

    Até que fim me sobrou tempo para visitar seu bloguinho lindo!
    Eu não poderia ter gostado mais desta indicação. Eu assisti ao episódio piloto desta série quando ele vazou na internet, um ano antes do lançamento da primeira temporada. É claro que eu fiquei louca querendo ver a série toda, porque ao contrário da Cloe, eu não resisti aos encantos de Lucifer. Achei a interpretação do Tom Ellis magnífica, trazendo todo um humor negro e um sotaque britânico que caiu como uma luva para o personagem. Adorei também a química entre ele e a Cloe em cena, eles são ótimos contracenando. Enfim, acho que você já percebeu que eu amei a série, não é?
    Adorei a matéria e sua escrita. Parabéns!!!

    Cris
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  2. André, querido.. como sempre o diabo é sedutor ao extremo. Fui assistir a série e só parei quando terminou a primeira temp na netflix. Estou aguardando um tempinho de folga pra maratonar a segunda temporada. Amei o post, como sempre perfeito! ♥ Elisabete Blog Pretenses

    ResponderExcluir
  3. Ah, eu adoro Lúcifer! Já estou na terceira temporada, um pouco atrasada em razão do findar do semestre. Mas é uma séria ótima, com humor e graça na medida certa. Adoro o esracho! :)

    ResponderExcluir