Resenha | Fera

30 de mai de 2017
Brie Spangler

Oi Perdidos,

Desde que tomei conhecimento do lançamento de Beast nos EUA, em outubro do ano passado, fiquei intrigado pela história de um garoto de 15 anos, conhecido como Fera, que se apaixona por uma garota transexual.

Ainda bem que não demorou muito para a Editora Seguinte trazer Fera para o Brasil.

Título: Fera (Beast)
Autora: Brie Spangler
Tradutor: Eric Novello
Editora: Seguinte
Gênero: Romance, Young Adult, Transexual
Páginas: 383
Ano: 2016
Classificação:


Dylan tem 15 anos de idade e não está feliz com o próprio corpo. Ele é corpulento, tem quase 2 metros de altura e tantos pelos no corpo que acabou ganhando o apelido de fera na escola. As meninas têm nojo dele enquanto que os meninos, medo. Se seu melhor amigo não fosse popular na escola, sabe que ninguém falaria com ele.

Gostaria de poder acordar e ser alguém diferente. Só por um dia.

Quando Dylan cai do telhado de casa, sua mãe acredita que ele se machucou de propósito e o obriga a participar de um grupo de terapia. Muito a contragosto, ele vai à terapia e fica encantado com Jamie, uma linda garota. Os dois vão se conhecendo e ficam cada vez mais envolvidos. Ele nunca teve uma namorada antes e, por causa da insegurança dela, acredita que ela também nunca esteve em um relacionamento.

Tudo muda, quando ele percebe que ela é uma garota trans e passa a sofrer o preconceito dos colegas da escola e da própria mãe. Dylan deve seguir o seu coração ou se afastar de Jamie?

A escrita de Brie Spangler é simples e direta, mas senti falta de uma atmosfera mais envolvente, como a de Eleanor & Park ou Aristóteles e Dante Descobrem o Segredo do Universo. Mas, o tema é polêmico e a autora americana soube tratar muito bem os dilemas dos personagens durante todo o processo de conhecimento, negação, até a aceitação e luta pelo amor em uma sociedade preconceituosa.

Dylan e Jamie sempre foram julgados pela aparência, e não pelo que são.

A história é contada em primeira pessoa e sob o ponto de vista de Dylan. Seria interessante se a história fosse intercalada entre o ponto de vista dele e o de Jamie, já que ela também tem uma história muito rica. Fiquei com raiva de alguns personagens por causa das atitudes tomadas, inclusive com a mãe de Dylan, mas eu compreendo os motivos dela. Ela perdeu o marido para o câncer quando eles ainda eram jovens e hoje só tem o filho, por isso, o super protege. O relacionamento deles é muito bonito e a gente consegue sentir o amor que um sente pelo outro.

Se você gosta de ler Young Adult com diversidade sexual, Fera é uma ótima opção! Nunca tinha lido um livro com personagem transgênero¹ antes. A história é bem maior do que uma simples releitura de A Bela e A Fera. É divertido, intrigante e instrutivo.

Tudo que dá pra fazer é ser você mesmo e torcer para que alguém entenda.

Beijos.

Pense em uma coisa boa
e num instante você voa.
 Pense em uma coisa linda
se você não voa ainda.

¹ Pessoa que tem sua identidade de gênero diferente da que lhe designaram ao nascer.

15 comentários:

  1. Oiii André tudo bem?
    Esse livro me fez cair da cadeira, em primeiro lugar porque eu não o conhecia e fiquei triste por isso e em segundo: porque eu preciso ler, gosto de livros que abordam os sexos e esse amor que muito é julgado pela sociedade, ótima indicação e dica anotada querido.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Oiiie!

    Eu tinha ouvido falar dele, mas ainda não havia lido nada a respeito. E gente, preciso para ontem! Estou adorando ver que essas histórias estão sendo contadas cada vez mais!!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu queria muito ler esse livro, tô super apaixonada por essa capa e além de ser o tipo de livro que eu amo ler!

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ola!!
    Esse livro está sendo muito bem falado entre os grupos literários, mas até então não tinha lido nenhuma resenha dele. Confesso que imaginava um contexto totalmente diferente, mas fiquei super instigada, dica anotadíssima!!!

    PS: Fazia tempo que eu não visitava seu blog... Ele está cada dia mais lindo. Parabéns!!!

    Abr

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu estava indecisa em relação a este livro, não sabia ao certo se seria uma história interessante o suficiente, mas ainda bem que li a sua resenha.
    Não acredito que estou perdendo tempo, agora sei que PRECISO ler esta história e me aproximar da Fera.

    ResponderExcluir
  6. Pára tudo!!!! Não conhecia o livro e ameeeei a premissa!!! Lerei com certeza! Dica valiosa, obrigada!

    bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Caramba, esse livro tem uma proposta incrível. Fiquei ainda mais empolgada quando você citou o livro Eleanor & Park opara fazer uma breve comparação. Já amei!
    Anotado para futuras leituras
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  8. Oi André!
    Já tinha visto a capa desse livro, porém ainda não tinha lido nada a respeito.
    Achei o enredo super interessante e necessário, pois em meio a tantas diversidades que temos hoje em dia, é muito importante estar aberto para compreender como as pessoas se sentem diante de situações complicadas e delicadas como essa.
    Adorei a dica!
    Abraços

    http://thehouseofstorie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Primeiramente Adorei o seu lay e seu blog é lindo. Agora vamos foca na resenha! Não sabia que tinha lançado no Brasil, pois estava lendo em espanhol e adorei a diversidade e o romance que é totalmente diferente e sem clichê.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, André!
    Já conhecia o livro, mas não sabia que a história aborda a transexualidade.Fiquei bem curiosa para saber como o tema é trabalhado porque não é nada comum encontrar o assunto na literatura principalmente a jovem. Realmente é uma leitura muito importante e válida para ser feita. Vou ler com certeza!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  11. oi.
    eu não conhecia esse livro e gostei e leria, aliás, vou ler. Agora, fiquei, no mínimo, curiosa com isto: “Gênero: Romance, Young Adult, Transexual”. Sério que a editora acha que existe o gênero literário transexual?

    ResponderExcluir
  12. Olá! Nunca li nada com essa temática. Essa premissa é muito legal, fiquei super curiosa para ler e saber se ele vai enfrentar toda a situação e ficar com a garota, ou, se vai deixar tudo isso de lado. Parabéns pela resenha e obrigada pela dica, beijos!

    ResponderExcluir
  13. oi André
    Acho interessante os autores trazerem temas como este para o universo adolescentes afim de provocar a reflexão. Esta faixa etária costuma discriminar e até ridicularizar ose que são diferentes e precisam de leituras deste tipo. Eu gosto do gênero e pretendo ler este livro.
    abraços
    Gisela
    www.lerparadivertir.com

    ResponderExcluir
  14. Não sabia que o personagem era transgênero, fiquei muito curiosa agora pra ler. E essa capa maravilhosa?

    ResponderExcluir
  15. Oie
    muito legal sua resenha, adorei o enredo e gosto mt desses livros que se inspiram em contos de fadas então já esta na lista, boa dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir