Resenha | A Lista dos Desejos

23 de mar de 2017

Oi Perdidos,

Chegou a vez de falar um pouquinho sobre A Lista dos Desejos, escrito por Eoin Colfer.

Colfer é o autor do famoso Artemis Fowl, talvez isso justifique o nome dele estar bem maior do que o título do livro.

Será que o livro consegue corresponder à popularidade do autor?

Título: A Lista dos Desejos (The Wish List)
Autor: Eoin Colfer
Editora: Record
Gênero: Aventura, Sobrenatural
Páginas: 286
Ano: 2006
Classificação:


Mais um empréstimo da minha querida amiga Adriana, do blog Meu Passatempo blábláblá. Quando ela me emprestou A Lista dos Desejos, fiquei animado com o livro porque muita gente leu Artemis Fowl quando jovem e adora a série. Sempre quis ler e essa era a oportunidade de conhecer a narrativa do autor. A expectativa era grande, mas, infelizmente, ela não foi correspondida. Sorry Dri!

Não me entendam mal. O livro não é ruim. Apenas não funcionou pra mim. O problema todo foi a história que me pareceu ser muito semelhante a outras coisas que já li e vi. Quantos filmes e séries não contam a história de alguém que morre e precisa voltar para garantir a entrada no paraíso? Poderia ter gostado se tivesse lido A Lista dos Desejos mais jovem. Com menos filmes e séries na bagagem.

Meg Finn é uma adolescente bem rebelde. Já passou por poucas e boas: sua mãe morreu e acabou ficando nas mãos do asqueroso padrasto.

Belch, um verdadeiro delinquente, convence Meg a roubarem a casa do velho Lowrie, mas acabam sendo surpreendidos pelo mesmo e as coisas acabam terrivelmente erradas.

Enquanto o espírito de Meg está vagando pelo limbo, Céu e Inferno disputam sua alma, porém, Meg é um caso raro de total equilíbrio entre o bem e o mal. Ela não pode ir para nenhum dos dois lugares.

São Pedro dá uma nova chance para Meg e a manda novamente para a Terra com a missão de ajudar Lowrie. Talvez, assim, ela possa se redimir de tudo que fez. Lowrie tem uma lista de coisas que gostaria de fazer antes de morrer e essa é a chance de Meg. Só que Belzebu não vai facilitar as coisas para São Pedro. Não depois do que ela fez com o padrasto.

Enquanto São Pedro e Belzebu brigam pela alma de Meg, ela e Lowrie vão se conhecendo e percebendo que não são tão diferentes assim.

Gostei do relacionamento entre Meg e Lowrie e do tom sobrenatural da história, mas parecia estar vendo a reprise de um antigo filme da Sessão da Tarde.

A escrita do Colfer é fluida e a leitura corre fácil. Pena não ter me envolvido tanto com a história como gostaria. Mesmo assim, ainda pretendo ler Artemis Fowl.

Beijos.

Tenha pensamentos felizes!


 O blog Garotos Perdidos faz aniversário no dia 04 de abril. Para comemorar o primeiro ano de vida, convidamos a banda Stage Dive para participar de um grande sorteio!
O vencedor vai levar os 4 livros da série escrita pela australiana Kylie Scott.
O sorteio está acontecendo no IG do Garotos Perdidos: @garotos_perdidos.
Venha participar desse 

20 comentários:

  1. Oi, tudo bom?
    Poxa, uma pena o livro ter sido uma decepção para você. Acontece, mas fico feliz que mesmo assim não tenha desistido do autor e tenha vontade de ler Artemis Fowl. Espero que tenha mais sorte. Adorei a resenha!

    Beijos, Rob
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta,
      Que bom que gostou da resenha. O livro não é ruim, apenas não funcionou para mim.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  2. Que pena que não funcionou com você, sei como deve ter sido... Infelizmente irei deixar passar a dica, pois o enredo não me chamou tanta atenção. Quem sabe um dia, mas nesse momento não.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela visita Marcio!
      Abraços,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  3. Oooi, tudo bem?
    Uma pena que o livro tenha sido ruim pra ti, é tão ruim quando isso acontece!
    vou deixar a dica passar,o enredo não me conquistou!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Scarllet,
      Talvez funcione para os mais jovens.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  4. O livro tá lindo. A obra não parece ser nada extraordinária, mesmo assim é uma leitura a qual me arriscaria.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rodrigo,
      Já leu Artemis Fowl?
      Abraços,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  5. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro ou até mesmo do autor, mas foi uma pena a leitura não ter fluido. Talvez se fosse em outro momento, teria dado certo.
    Eu também não achei nada de novo nessa obra, mas daria uma conferida sem problemas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Concordo contigo. Talvez se lesse mais jovem, o resultado seria diferente.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  6. Um dos meus autores favoritos. Ele escreve uns livros tão maravilhosos que é impossível você não se envolver com o enredo e os personagens.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora,
      Que bom que gosta do Eoin Colfer, porque ainda pretendo conferir Artemis Fowl.
      Beijos
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  7. Apesar do livro não ter te satisfeito, só pelo fato de ter Belzebu envolvido já me deixou mega curiosa e me fez querer lê-lo, hahaha Vou dar uma procurada por aqui. Nunca li nada do autor, mas conheço sua fama e tenho vontade de ler sua obra mais famosa.

    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mia,
      Espero que o livro funcione para você.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  8. Oie
    que pena que não foi uma leitura tão boa pois parecia interessante, não sei se fluiria para mim também por eu não estar acostumada com esse tipo de livro mas bem legal a sica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cath,
      É ruim quando um livro não atinge nossas expectativas, não é mesmo? Ainda mais quando você percebe que o livro não é de todo mal. Mas, tem histórias que simplesmente não nos arrebata.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  9. Eu adorei a série de Artemis Flow, mas... ter o nome do autor tão grande assim meio que faz parecer que o conteúdo não importa se tiver o autor ali. Não é verdade, e eu esperava que esse livro tivesse um conteúdo mais interessante, assim como vc eu acredito que daria nota baixa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angel,
      Tive o mesmo sentimento quando vi o nome do autor maior do que o título do livro.
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir
  10. Oi André, tudo bem?
    Eu não conheço a série Artemis Fowl, mas fiquei curiosa e depois irei pesquisar. Que pena que o livro não correspondeu às suas expectativas e ele se tornou um mais do mesmo. Confesso que isso me decepcionou um pouco. Mas gostei muito da sua sinceridade.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila,
      Sempre procuro ser sincero em minhas resenhas ;)
      Beijos,
      André | Garotos Perdidos

      Excluir