Eu Estou Aqui - Clélie Avit

19 de out de 2016

Título: Eu Estou Aqui
Título Original: Je Suis Là
Autora: Clélie Avit
Editora: Rocco (Fábrica 231)
Gênero: Drama, Romance, Young Adult
Páginas: 286
Ano: 2016
Classificação: 5 Estrelas (Ótimo)

Estava olhando os lançamentos na livraria quando me deparei com Eu Estou Aqui. Já tinha lido sobre este livro do selo Fábrica 231, da Editora Rocco, em um blog e a sinopse chamou minha atenção.
 


Resolvi, então, pegar o livro pra ler algumas páginas e ver se realmente é bom. Quando anunciaram que a loja estava pra fechar, tive que comprar. Já me sentia íntimo de Elsa e Thibault.


Elsa Bilier tem 29 anos e é uma montanhista em coma severo há cinco meses depois de cair durante uma escalada e sofrer um traumatismo craniano. Thibault acaba entrando por engano no quarto dela. Ele não quer visitar o irmão que matou duas adolescentes ao dirigir bêbado após uma balada.

Naquele quarto silencioso e asséptico, Thibault se sente em paz, apesar da raiva que sente do irmão - preferia que ele tivesse morrido no lugar das adolescentes. Ele também está se recuperando de uma separação traumática. Após seis anos vivendo com Cindy, uma colega de trabalho, ela resolveu ir embora deixando ele arrasado.

Julien é o porto seguro e melhor amigo de Thibault. 
Daqueles que sabem de tudo sem que o outro precise falar alguma coisa. Julien é casado com Gaëlle e Thibault vai ser o padrinho de Clara, filhinha do casal. A amizade deles é muito bonito de se ver. 


Toda vez que Thibault vai levar a mãe no hospital, acaba no quarto de Elsa. Algo sempre o atrai para o quarto número 52. Talvez seja o cheiro de jasmim de Elsa, talvez seja o fato dele poder se abrir com alguém que não pode escutá-lo. O problema é que Elsa escuta tudo o que ele diz e faz, sem poder responder nem dizer o que sente. Será que há futuro para esse romance? 

Você está se apaixonando por uma garota da qual não sabe quase nada. Se essa fosse a única questão, tudo bem, mas... Você também está se apaixonando por uma garota que corre o risco de nunca mais acordar. (pag. 139)
Os médicos não acreditam que Elsa vai acordar do coma. Ela tem apenas 2% de chance de recuperação e, se acordar, não sabem o quanto que o traumatismo afetou suas capacidades vitais.

Ao ler o livro, me lembrei do filme Se Eu Ficar, apesar de não ter lido o livro. Agora, quero ler para comparar. A prosa da autora francesa Clélie Avit é uma delícia, mas a sua grande força está em criar personagens apaixonantes. 
Ela também traz uma profundidade à história ao discutir a eutanásia e o dirigir após beber. Só consegui largar o livro quando terminei de ler. Narrado em primeira pessoa, o livro alterna entre a visão de Elsa e a visão de Thibault.


A mãe de Thibault também é um personagem tocante. O que uma mãe deve fazer quando seu filho mata duas adolescentes por assumir o risco de dirigir embriagado? O caso dela ainda é pior porque seu outro filho não aceita que ela apoie o irmão.

- Então por que você chora tanto? – pergunto sem olhar para ela.
- Porque meu filho não está bem.
- Por culpa dele! – retruco.
- Você tem razão, mas ele não está bem, e é meu papel de mãe apoiá-lo.
- Então, você vai continuar a visita-lo até o julgamento e continuará a visita-lo mesmo quando estiver preso?
Sinto a raiva subindo por dentro, meu tom se torna cada vez mais agressivo.
- Vou – murmura ela.
Todo mundo que quer ser médico deve ler esse livro. Alguns médicos esquecem que estão lidando com seres humanos. Não de forma propositada, mas por estar muito calejado com todo o sofrimento que rondeia o meio.

O livro traz uma mensagem muito bonita. A história é baseada em uma citação de Marcel Pagnol que não vou escrever aqui por ser um spoiler. Mas você pode ler a citação na última página do livro.


Amei!

Tão bom morrer de amor! E continuar vivendo... (Mário Quintana)

33 comentários:

  1. Terminei de ler esse livro ontem, e gostei muito, apesar de ainda não estar sabendo como fazer a resenha, ele é muito intenso, gostei da forma como foi elaborada.
    Parabéns pela resenha.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Karine,
      Foi difícil fazer a resenha e classificar este livro. Não sabia se dava 4 ou 5 estrelas para ele, mas fiquei tão preso pela história que apesar de alguns clichês, tive que relevar
      Beijos,
      André

      Excluir
  2. Olá!
    A Rocco sempre manda muito bem em seus livros. São edições muito cuidadas.
    Eu teria dificuldade com essa temática, pois doenças graves são muito familiar para mim. Contudo, você tem razão ao lembrar que médicos humanizados são de grande valia. Acredito que eles perdem a empatia para não sofrer.

    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana,
      Sei como é isso. Perdi meu pai e minha mãe por causa do câncer, mas a autora trata tudo de forma leve e bonita. Você fica preso pelos personagens e torce para tudo dar certo no final ;-)
      Beijos,
      André

      Excluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Oiii, tudo bem?
    Gostei muito da resenha, mas confesso que não leria. Essa proposta do paciente em coma e do outro que se apaixona, me deixa meio ahhhh... enjoada já.
    E o livro me lembrou vários outros, como Se eu ficar, um nacional da Babi A. que não lembro o nome e essa coisa da mãe apoiando um criminoso me lembrou Os bons segredos. Não estou dizendo que esse é cópia, mas como a premissa já é velha para mim, não me atrai ;3
    Mas fico feliz que você tenha curtido. Pelos quotes, a narrativa parece muito legal :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gislaine,
      Não li Se Eu Ficar, apenas vi o filme, e também não li o livro da Babi nem Os Bons Segredos.
      Apesar disso, o livro também não foi nenhuma novidade pra mim. O que me prendeu foi a narrativa e os personagens incríveis. Sabe aquela coisa que você não sabe muito bem o porquê, mas fica preso aos personagens? Foi o que aconteceu comigo.
      Quero ler Se Eu Ficar para comparar. Talvez estaja fazendo tanto alarde por pouco.
      Beijos,
      André

      Excluir
  5. Achei o enredo interessante! Uma montanhista em coma... Nunca tinha visto nada parecido! Vou procurar para ler!
    Valeu pela dica!
    https://encontrosliterarioslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,
      Depois nos diga o que achou.
      Beijos,
      André

      Excluir
  6. UAU! Adorei a premissa, amei a resenha. Eu também lembrei do filme Se Eu Ficar, mas parece que caminha por lados opostos no final das contas. Já inclui na minha lista de desejado. Adorei a dica!
    Ni
    Cia doLeitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cia do Leitor,
      Sim, ele difere um pouco de Se Eu Ficar. Se no filme ela relembra do passado para querer ficar, em Eu Estou Aqui, ela "vive" o presente para ter forças para sair do coma.
      Depois nos diga o que achou.
      Beijos,
      André

      Excluir
  7. Olá, André!
    Não conhecia o livro, mas gostei muito da sua indicação ^-^ Achei que o enredo é forte, ao mesmo tempo em que possui também uma suavidade gostosa de se ler. Por você ter mencionado Se Eu Ficar, deu pra ter uma noção a respeito da história, mas mesmo assim ainda creio que ambos possam surpreender a sua maneira. A editora Rocco realmente faz um trabalho muito competente, adoro suas obras e selos e raramente me decepciono. Espero poder ler esta obra em breve e conferir sua qualidade! Obrigada pela dica!

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora,
      Você conseguiu captar bem o espírito do livro. É um enredo forte e ao mesmo tempo possui uma suavidade gostosa de se ler.
      Depois, nos diga se gostou.
      Beijos,
      André

      Excluir
  8. Olá,
    A premissa do livro é bem interessante e tenho visto críticas bem positivas acerca dele.
    A capa é muito bonita e acho que se enquadra perfeitamente com o que a trama tem a nos oferecer.
    Fico muito feliz que já nas primeiras páginas você tenha se sentido íntimo dos personagens Elsa e Thibault.
    Quero muito conferir como esse relacionamento se dará e como será o desfecho da obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michele,
      A forma que eles se relacionam é um dos trunfos do livro. Ao mesmo tempo em que não existe um diálogo físico entre eles, a gente consegue sentir a conversa e os sentimentos dos personagens. Foi um sentimento totalmente diferente.
      Beijos,
      André

      Excluir
  9. Hey, André!
    Estou enamorada por esse livro já tem um tempo, e já o teria lido se não estivesse com parcerias na frente. Mas realmente, a temática lembra um pouco "Se Eu Ficar", porém, espero que seja bem melhor elaborada. Me lembrou ainda mais "E Se Fosse Verdade", do mestre Marc Levy, já leu? É lindíssimo e eu super recomendo. Tem quase o mesmo plot e é sensacional.
    Mil beijokas entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anya,
      Ainda não li "E Se Fosse Verdade", mas vi a adaptação cinematográfica com Reese Witherspoon e Mark Ruffalo. Amo esse filme.
      Já adicionei o livro na minha wish List.
      Valeu pela dica.
      Beijos,
      André

      Excluir
  10. Oie
    parece ser uma leitura muito legal, eu adorei a capa e o enredo então espero ter oportunidade de ler em breve e curtir, boa dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Catharina,
      Quando conseguir ler não esqueça de nos dizer o que achou.
      Beijos,
      André

      Excluir
  11. Olá, André! Sua resenha ficou ótima! Já tinha lido outras deste livro e poucas foram convincentes como a sua... Sempre ficava imaginando como alguém pode se apaixonar nesta situação. Bom, parece que só lendo mesmo para entender, não é? Obrigada pela indicação! ;)

    Beijos,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yohana,
      Que bom que gostou da resenha. Fico feliz.
      Vai ter que ler mesmo... Risos.
      Depois nos conte o que achou do Livro.
      Visite sempre os Garotos Perdidos.
      Beijos,
      André

      Excluir
  12. Olá! Terminei de ler esse livro faz quase uma hora. É simplesmente incrível
    Estava tentando me distraír na livraria e olhei em direção a esse livro e o título me chamou muita atenção. Peguei e comecei a ler. Foi uma leitura tão boa, me distraiu tanto q eu tive q voltar na livraria pra ler outra vez, e eu fui.
    Primeiro livro q por algumas horas faz eu ignorar tudo q está ao meu redor em uma livraria de shopping barulhenta e agitada no fim de semana

    ResponderExcluir
  13. Oi Dulce,
    Foi exatamente o que aconteceu comigo. Peguei o livro para saber se era bom, e fui totalmente fisgado pelos personagens. A loja estava fechando e não poderia ficar sem saber o que aconteceria com eles.
    Que bom que também gostou.
    Beijos,
    André

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bem? Realmente, a premissa também me lembrou Se eu ficar, que eu já li e não gostei. Mas este aqui, sei lá, me deixou mais curiosa. Vou dar uma chance à ele!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaísa,
      Preciso ler Se Eu Ficar pra poder comparar.
      Espero que goste.
      Beijos,
      André

      Excluir
  15. Eu fiquei curiosa com esse lançamento, tanto pela capa e título, e sua resenha me despertou ainda mais a curiosidade. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani,
      Muita gente tem comentado sobre a capa. Na realidade, não achei a capa tão chamativa assim, mas gostei bastante do livro.
      Beijos,
      André

      Excluir
  16. Oi!
    Gostei bastante da premissa, parece ser realmente um livro e tanto.

    Beijos
    http://www.mundoinvertido.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gustavo,
      Espero que tenha a oportunidade de ler o livro.
      Depois comente o que achou.
      Beijos,
      André

      Excluir
  17. Olá,
    O livro parece bem dramático, e emocionante.
    Faz um tempo que não leio algo tão dramático, parece bom.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Debys,
      O livro trata de temas pesados mas de forma leve e bonita.
      Pela escritora ser francesa, acho que tem uma forma de escrita diferente daquela americanizada que estamos tão acostumados.
      Beijos,
      André

      Excluir
  18. Olá! Confesso que meu lado romântico e sentimentalista deu as caras só de ler sua resenha ahhahahha Acho tão tocante essa relação entre os personagens Elsa e Thibault, que começa por acaso, e se aprofunda, ainda com o agravante de ela estar em coma e, supostamente, inalcançável. Adorei e fiquei curiosíssima para descobrir o que acontece com os dois. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara,
      Obrigado pela visita. Quando ler o livro, não deixe de comentar o que achou.
      Beijos, André.
      PS: Você já está participando do sorteio de 8 livros e 2 brindes que está acontecendo aqui no Garotos Perdidos e em blogs parceiros? Participe e Boa Sorte!!

      Excluir