Resenha | Originais (Lux #4)

24 de jan de 2016

Oi Perdidos,

Estou assumindo que você já leu os 3 livros anteriores da série Lux (Obsidiana, Ônix e Opala). Depois daquele final avassalador de Opala, vamos seguir com Originais que é ainda mais arrasador. Prepare o seu coraçãozinho.

Título: Originais
Série: Lux #4
Autora: Jennifer L. Armentrout
Tradutora: Bruna Hartstein
Editora: Valentina
Gênero: Romance, Sobrenatural, Aliens, YA
Páginas: 384
Ano: 2017
Classificação:

O plano de resgatar Beth da Mount Weather não terminou bem. Apesar de Dawson conseguir resgatar sua amada das mãos do Daedalus, Katy foi capturada. Daemon escapou junto com Dawson e Matthew, mas está sendo consumido por uma fúria indescritível.

Incendiarei o mundo inteiro para salvá-la.

O livro é narrado em primeira pessoa, alternando entre os pontos de vista de Katy e Daemon. Essa opção narrativa nem sempre dá certo, mas funcionou bem em Originais por conseguir mostrar o que está acontecendo com cada, por estarem separados.

Não posso falar muita coisa, apesar de estar sendo difícil me segurar aqui. Katy caiu nas mãos da Daedalus e precisa se adaptar para sobreviver. A gente já tem uma ideia do que o inimigo é capaz. Eles começam a testar a força e a habilidade de Katy como híbrida e senti um nó apertando minha garganta em vários momentos.

O Deadalus começa a mostras suas outras facetas. Dizem que só querem fazer o bem para a humanidade. Salvar pessoas com doenças graves e evitar que os Luxen invadam o planeta e exterminem os Seres Humanos.

WHAT????

Pois é, seriam os Luxen os verdadeiros vilões dessa história?? A gente só conhece as famílias Black e Thompson. E os outros alienígenas? Quais são as verdadeiras intenções deles?

Entre traições, intrigas e violência, Daemon e Kitty conseguem ter seus momentos, mas a autora consegue fazer com que o romance não soe falso e inadequado.

Vamos lá, gatinha, você realmente esperava menos de mim? Eu te amo.

Novos personagens são introduzidos à história ou ganham mais destaque, como é o caso do Sargento Jason Dasher, Nancy Husher e Arched. Este último é um personagem muito mais complexo do que aparece. Gostei muito dele.

Se você está se perguntando o que são os Originais, vou dar só uma pista:

Ele é o que chamamos de Origem. Como em um novo começo: a origem das espécies perfeitas.

Originais é o melhor livro da série até o momento. Obsidiana nos apresentou o casal principal. Em Ônix, o romance começa a dar lugar à ficção. Todos estão mudados em Opala e é em Originais onde tudo vem a tona! Não tem como não se envolver e sofrer com os personagens. É muito intenso!

A escrita de Jennifer L. Armentrout está no seu melhor e a diagramação feita pela Editora Valentina é excelente. Esta é uma das melhores capas da série Lux. A de Obsidiana fica em segundo lugar.

Se você gosta de romance, aventura e ficção, não sei porque ainda não começou a ler a série Lux. Você vai se apaixonar, assim como eu.

Com amor, André


Resenhas da Saga Lux
Obsidiana (Lux #1)
Ônix (Saga Lux #2)
Opala (Saga Lux #3)
Opostos (Saga Lux #5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi Perdido,
Deixe um elogio ou uma sugestão.
Obrigada por visitar os Garotos Perdidos.